Clube dos Pensadores – Paulo Rangel #2

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Na segunda parte da sua intervenção, Paulo Rangel, convidado de Joaquim Jorge no Clube dos Pensadores de 21-set-2009, respondeu a um conjunto de perguntas da audiência sobre temas como a questão da mobilidade do funcionalismo público, a representação dos emigrantes no sistema eleitoral português, educação e como cortar na despesa públicas

Podem ver o debate online, ler o relato do debate, ou descarregar e ouvir no computador esta intervenção inicial.

a educação – como vão reatar o processo de avaliação

  • avaliação é um instrumento e não o objectivo da educação
  • tem que ser feita num dialogo construtivo com a classe
  • so quem nao sabe o que é ter 30 alunos numa aula é que pode focar só o ponto da avaliaçaõ
  • pessoalmente acha que a avaliação deveria ser externa

mobilidade no funcionalismo publico

  • prace falhou
  • como principio é válida mas não concorda com a forma como foi implementada
  • problema de repartição assimétrica dos funcionários públicos
  • necessáriodinamismo e mobilidade
  • a única coisa que o min-agricultura fez foi a mobilidade e não a agricultura => mais uma vez focaram-se num ponto instrumental em vez do objectivo do ministério

cultura

  • numa altura de crise a cultura não constitui uma preocupação para os portugueses
  • associar cultura ao patrimonio
  • cultura patrimonial => investimentos publicos de proximimdade
  • cultura como alavanca

investimentos publicos

  • maioria dos portugueses está com o psd na opção de suspender o tgv. não é matar o tgv.
  • questão do timing do tgv
  • interesses estrangeiros => mesmo nas obras publicas se calhar não são as empresas portuguesas que vão ganahar
  • nal => alcochete – construção por módulos, plano flexivel compativel com preocupações económicas e necessidades efectvivas
  • quem vai de lx-paris de tgv?
  • só serve madrid => tgv em espanha é uma questão politica

emigrantes

  • esquerda queria acabar com os votos dos emigrantes
  • estratégia articulada com a eliminação dos consulados
  • porque não a tecnologia como apoio ao voto dos emigrantes?
  • emigrantes não podem ter representação proporcional (como por exemplo na galiza) => preocupações não são as mesmas que os habitantes do país, conhecimento dos problemas é diferente
  • mecessario reforçar mas…
  • participação eleitoral fraca

jobs4theboys

  • solução de incompatibilidades actuais é má porque é maximalista
  • boa indicação dos cargos que caem automaticamente
  • mas lista deveria ser reduzida
  • psd tem vontade concreta para acabar com a corrupção
  • psd está de alma e coração no combate à corrupção

como cortar na despesa pública

  • racionalizar onde se gasta mais: saude, segurança social e educação
  • questionar custos com pr, governo, ar, não faz sentido e é demagógico
  • educação
  • mais importante do que a extensão da obrigatoriedade até ao 12º ano seria a pre-primaria a partir dos 3 anos

2 comments.

  1. Penso que deveris pôr a introdução de Joaquim Jorge e as questões levantados por ele.

    Os debates não se resumem ao convidado.

    Há um introdução ( que dá muito trabalho a fazer )

    As suas perguntas são sempre pertinentes.

    Pedro Miguel – membro do clube

  2. viva,
    obrigado pelo comentário.
    não sei se reparou mas dividi o debate em 2 ficheiros, um com a intervenção inicial e outro com a sessão de perguntas e repostas.
    na intervenção inicial (http://oportoemconversa.wordpress.com/2009/09/25/clube-dos-pensadores-paulo-rangel-1/) está também a introdução de joaquim jorge, sempre bastante pertinente como refere.
    eu próprio imagino o trabalho que dá preparar este tipo de sessão e definir essa intervenção inicial e como conduzir depois o debate.

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked *