Soares da Luz – Parque da Cidade

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Na apresentação que realizou no IV Encontro Convergir, que se realizou na Trofa, em 29 de Maio de 2010, sobre o processo do Parque da Cidade do Porto, Soares da Luz destacou como factores importantes no sucesso do mesmo o ter contado com pessoas e associações que assumiram que iam levar este assunto até ao fim.

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast.
Duração Total: 10:21

Foi importante perceber o que estava por trás de todo o processo, ou seja perceber qual o negocio que estava em causa e que era um negócio imobiliário mas que “tinha pés de barro”. Na medida em que não se sabia quem eram os proprietários de grande parte dos terrenos do Parque da Cidade o que se propunha era que a IMOLOC comprasse esses terrenos para depois os trocar com a câmara pelos terrenos que queria urbanizar.

Ao mesmo tempo havia uma espécie de luta entre arquitectos em que cada um achava que o outro lhe estava a “roubar” o negócio.
Segundo Soares da Luz a grande vitória foi envolver o então candidato político à Câmara do Porto, Rui Rio e conseguir que ele fosse ao parque gritar que consigo nao haveria construção no parque.

A recolha de 17000 assinaturas, o terem a imprensa a acompanha-los e a exploração de algumas contradições entre PS e PSD foram também factores importantes complementadas com a grande coerência e coesão do grupo que se verificou quando foram convidados num jantar com o staff de Rui Rio (acessor de Rui Rio e presidente da Junta de Freguesia de Nevogilde) a abandonar o referendo e levar a questão para tribunal.

(Imagem retira da Wikipedia)

Post a Comment

Your email is never published nor shared. Required fields are marked *

*
*

Better Tag Cloud