Debate Fundação SPES – Rui Rio – Convidados

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Intervenções iniciais dos convidados no debate organizado pela Fundação SPES

Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

De referir que este podcast inclui uma intervenção que considero muito boa de D. Carlos Azevedo e que também pode ser lida no site da Fundação.

Debate Fundação SPES – Rui Rio – Cultura

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Área de perguntas e respostas sobre cultura a Rui Rio no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 15:04
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.
(nota: por problemas logisticos há alguns cortes na gravação)

continue reading »

Debate Fundação SPES – Rui Rio – Acção Social

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Área de perguntas e respostas sobre acção social a Rui Rio no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 15:04
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.
(nota: por problemas logisticos há alguns cortes na gravação)

continue reading »

Debate Fundação SPES – Rui Rio – Educação

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Área de perguntas e respostas sobre educação a Rui Rio no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 19:08
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.
(nota: por problemas logisticos há alguns cortes na gravação)

continue reading »

Debate Fundação SPES – Rui Rio

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Intervenção inicial de Rui Rio no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 20:54
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

continue reading »

Debate Fundação SPES – Elisa Ferreira – Convidados e Perguntas Finais

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Intervenções iniciais dos convidados e perguntas finais a Elisa Ferreira no debate organizado pela Fundação SPES

Podem descarregar os programas directamentes (convidados, perguntas finais ) ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

Debate Fundação SPES – Elisa Ferreira – acção social

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Área de perguntas e respostas  sobre educaçãode Elisa Ferreira no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 30:08
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

Algumas notas:

sandra martins – bloco de esquerda => habitação. sobre a demolição do bairro do aleixo

  • problema droga => edificado?
  • combater criminalidade
  • rui rio no inicio do primeiro mandato disse que o aleixo não vinha abaixo no meio/fim afinal o bairro do aleixo vem abaixo
  • necessario perceber quais são os compromissos já assumidos
  • habitações disponiveis devem ser usadas para quem já tem necessidade (sobrelotação de habitações, ilhas, …)
  • pessoas que sairam do s.joão de deus sairam mal foram mal reintegradas e as redes de droga espalharam-se pela cidade
  • este problema deve ser ser abordado numa óptica baseada nas pessoas e não nas casas

nicole … – jpc => regime rendas bairros camarários

  • necessaário rever o critério para redistribuição das casas…
  • reajustes que é necessário fazer

cristiano silva – js => que pontes podem ser criadas com outras instituições da cidade?

  • exclusão requer forte articulação com todos os que já estão a intervir nessa área
    necessário atrair familias, jovens e emprego

joão paulo meireles – jsd => sobre porto feliz

  • porto feliz não estava contextualizado
  • não havia indicadores que justificassem excepcionalidade do programa
    programa de luxo para resolver um problema
  • e coesão não é só arrumadores, são também sem abrigos, excluídos
  • a cm porto ficou completamente bloqueada? (…) uma camara que tem condições financeiras para pedir alguns sacrificios (que foram essas as frases usadas) aos portuenses para que hajam corridas…. enfim é uma questão de prioridades
    esse programa era para acabar em 2002… estamos em 2009 e continua esse problema

joão ribeirinho – juventude popular => sobre o aleixo

  • problema droga vs urbanismo
  • necessário juntar todos os actores locais numa freguesia que são capazes de articuladamente combater as várias dimensões do problema exclusão social e da droga porque se não tivermos a policia, as ipss, a escola, as forças de segurança, as assistentes sociais a convergir, a tentar combinar acções de maneira a acabar com o problema da droga num determinado espaço não é destruindo as casas (…) que nos os vamos combater.
  • falta atrair outras pessoas e misturá-los
  • redes sociais de cooperação existentes não foram estimuladas pelo executivo actual

Debate Fundação SPES – Elisa Ferreira – educação

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Área de perguntas e respostas  sobre educaçãode Elisa Ferreira no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 28:32
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

Algumas notas:

carlos veloso – jcp => sobre encerramento de algumas escolas básicas (aleixo, 24 agosto)

  • defesa das escolas fora dos bairros sociais, necessario levar pessoas para fora dos bairros

manuel aranha – juventude popular => possibilidade de os escolas, pais, professores, autarcas possam definir o  projecto educativo das escolas

  • alguns riscos nessa opção, exemplo da bélgica
  • pais e comuindades têm que ser envolvidos
  • relação com empresas podem ser potenciadas para fornecer estágios profissionalizantes mais do que no reequipamento das escola

josé miranda – bloco de esquerda => privatização de actividades extra-curriculares

  • pode haver contratualizações com outras instituições para estas actividades como algumas instiuições da cidade: associações culturais, desportivas, ….
  • muitos equipamentos construídos que estão sub-ocupados

joão paulo meireles – jsd => questionar modelo actual de transferência de competências para as autarquias

  • cm devem assumir as responsabilidades que a lei lhes permite mas negociar também as “mochilas” financeiras para as cumprir
  • exemplo vng
  • cm tem que reconhecer a existênca de outras entidades
  • partiticar na definição não da substancia curricular mas na orientação serviços, novas tecnologias, …
  • mais do que abdicar de receber competências (na educação) deve lutar para obter as verbas adequadas para isso

cristiano silva – js

  • o que é que a educação pode representar para afirmação internacional da cidade => exemplo da up
  • up mais virada para fora
  • atrai ao porto quantidade enorme de juventude => programa erasmus
  • relação entre universidade e camara e outras instituições é importante

Debate Fundação SPES – Elisa Ferreira – cultura

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Área de perguntas e respostas  sobre cultura de Elisa Ferreira no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 42:47
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

Algumas notas:

joão ribeirinho – juventude popular => sobre o rivoli e qual a percentagem do orçamento que a câmara deverá gastar em cultura

  • necessário saber o que é a cultura e saber o seu papel
  • cultura diferente de diversão
  • cultra importante para promover inclusão
  • papel da câmara promover a cultura de forma inclusiva, abrangente e diversificada
  • programação em rede
  • bruno monteiro – jcp => propostas concretas para a cultura
  • cultura pode ser um dos pontos essenciais para relançamento da cidade
  • valorizar programação combinada e em rede
  • necessário dar espaço e valorizar outras colectividades
  • não necessariamente subsidios mas contratualizações
  • não necessariamente mais dinheiro mas redistribuir dinheiro que está a ser usado por 3 ou 4 eventos que são mais lazer que cultura
  • programa cultural como factor de afirmação internacional do porto
  • josé miranda – bloco de esquerda => espaços publicos e preocupações ambientais -> questão do pavilhão rosa mota e sobre o rivoli
  • ainda não tem posição definitiva sobre o pavilhão rosa mota, não tem ainda toda a informação
  • ambiente – bandeiras azuis (que vão e que vêm), sustentabilidade de politica de transportes, ciclovias que não foram criadas, construção efectiva do parque oriental, cuidado que tem que se olhar para os diferentes espaços verdes existentes, parque da cidade => indefinição
  • rivoli – é sempre possivel renegociar contratos
  • cristiano silva – js => como devolver o dinamismo cultural, qual o papel do movimento asssociativo, que gestão integrada para os equipamentos
  • para a promoção internacional da cidade deve haver promoção conjunta de alguns eventos
  • igreja também tem uma função cultural. tem um património muito relevante
  • porto 2001 – criação de publicos, mas depois perdeu-se o elan
  • joão paulo meireles – jsd => o que está de errado com a politica actual da câmara?
  • portugal já deveria estar regionalizado à muito tempo
  • sobre a lei que obriga a que quem recebe apoios da câmara não a pode criticar

Debate Fundação SPES – Elisa Ferreira

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Intervenção inicial de Elisa Ferreira no debate organizado pela Fundação SPES

duração total: 22:12
Podem descarregar o programa directamente ou subscrever o podcast através deste link .

O vídeo integral de toda a sessão pode ser visto no site da fundação.

Algumas notas:

  • ligação hsj / escola => saber investigado, aplicado, difundido
  • juventudes / partidos => juventude interessados noutros problemas que os partidos não tratam, partidos querem perceber quais os temas que a juventude quer ver tratados
  • porto tem vivencia dificil relacionada com as várias crises
  • crise internacional, nacional, regional
  • nacional – país ficou demasiado para trás demasiado tempo, o que dificulta o relançamento
  • porto sempre foi cidade aberta e cosmopolita
  • reacção do porto nesta crise
  • será que fizemos tudo o que está ao nosso alcance para sair desta crise?
  • necessário explicar que nem tudo vai bem no porto
  • numeros complicados no porto:
  • – 2001-2007 – cidade portuguesa que mais população perdeu (em percentagem)
  • – cidade que se divide cada vez mais em ocidental e oriental e perdeu as pessoas que faziam a transição entre essas 2 áreas
  • – 31% pessoas >65anos, compara com 22% grande porto, 26% país
  • – cada vez menos jovens e cada vez mais idosos e cada vez mais mulheres idosas: 24% >65 anos, 12% > 75 anos
  • – 34% residentes vivem de pensões (invalidez, velhice, sobrevivÊncia)
  • – se considerarmos outros subsidios temos 114.000 pessoas a viver com apoios
  • – temos gente capaz de produzir riqueza a menos
  • logo a cidade não vai bem => enquadramento para criar uma proposta para sair desta situação
  • que não pode ser só para os que já são competitivos
  • apostas: educação, formação profissional, perspectiva cultural
  • criar condições para que os jovens e as famílias possam viver na cidade
  • não podemos ter cidade que se divide em ilhas / bairros sociais / condomínios fechados
  • qualidade vida / ambiental
  • “…para pegarmos em tudo isto nós temos que ter uma concepção que seja uma concepção de futuro, temos que ter a verdade dos números quanto ao sitio de onde partimos, temos de ter a determinação e a força para lá chegar e isso só se faz trabalhando em rede, trabalhando em rede e transformando a câmara municipal num espaço de interface, polarizador, mobilizador, porque a administração pública nos tempos que vivemos, nos tempos que correm, não tem qualquer condição de executar aquilo que a sociedade requer que a administração faça, e uma administração que se fecha sobre ela própria é uma adminstração que não está neste seculo, a administração de uma câmara assim como a administração do estado tem de estabelecer redes com hospitais com organizações da sociedade civil, com organizações culturais para que o programa final seja um programa que cubra todas as valências que o cidadão do séc xxi da europa exige mas que uma administração europeia, sobretudo portuguesa ou de um municipio como o porto não consegue sozinho providenciar.”